Projeto dos professores sofrerá alteração após reajuste do piso nacional

Estadual

O governador do Estado confirmou já ter em mãos simulações do impacto do reajuste do piso nacional do magistério na proposta de reestruturação do plano de carreira da categoria. O governo federal propõe um aumento de quase 13% no salário dos professores, forçando uma revisão no projeto do Palácio Piratini. Eduardo Leite pontuou que a correção vai custar R$ 290 milhões aos cofres do Executivo em 2020.
Para enviar à Assembleia Legislativa, o governo tem três opções de matérias. De acordo com Eduardo Leite, a decisão sobre qual delas será a definitiva deve ser tomada nesta terça-feira. “Nós vamos conversar com o nosso líder do governo na Assembleia, entender com os deputados da base qual pode ser o melhor encaminhamento”, projetou. “Tenho os cenários na minha mão, tenho uma visão pessoalmente estabelecida sobre qual deverá ser o projeto a ser adotado”, revelou o governador.


Fonte: www. guaiba.com.br

Compartilhe